Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Yupiiiii

Mensagens recentes

[Hidratação facial]

Em acabando o meu hidratante facial, tive que ir em busca de um substituto. Tenho por hábito usar cremes da Garnier, Diadermine ou Babaria. Procurei um creme hidratante que me agradasse e tivesse um preço acessível e encontrei aquele que me pareceu perfeito: Hydration Essencials da Johnson's, um hidratante com uma fórmula em gel que também pode ser usado como máscara (ao colocar uma camada mais espessa, deixa-se actuar, retira-se e voilá: resultado: pele super hidratada). Ora este gel hidratante tem um cheiro marinho muito agradável, já que contém minerais do oceano... dizem eles! A verdade é que o gel hidrata bem: ficamos com a pele super macia e com um cheirinho super agradável! E depois tem uma cor linda: verde água :) O frasco contém 50 ml e o preço ronda os 5€

Filmes para Óscares

Para além de "Call Me By Your Name" (que havia visto na semana passada) acrescentei à lista mais dois filmes nomeados para os Óscares: "Lady Bird" e "Três cartazes à beira da estrada". Qual deles o melhor?

Lady Bird é a típica história de uma adolescente e as suas vivências: família, amor, escola, amigos... O enredo anda à volta desta temática e não passa disso. Não é um filme fora da caixa e por isso a nomeação para Melhor Filme parece-me um pouco exagerada...Nada aqui me parece suficiente para ganhar um prémio, não é um filme extraordinário e duvide que vá permanecer na minha memória muito tempo.

"Três cartazes à beira da estrada" é um filme de duas horas onde temos comédia, drama, crime, violência". Não é um estilo de filme que eu goste particularmente de ver, para mim até é um filme demasiado longo... Portanto, para este ganhar será porque mais nenhum outro convence.

"Goodbye Christopher Robin"

Todos nós conhecemos o Winnie The Pooh, a sua paixão pelo mel, e os seus amigos: Piglet, tigre... Se não conhecermos a história, sabemos certamente de que personagem se trata: o famoso ursinho castanho com uma t-shirt vermelha que devora mel! "Goodbye Christopher Robin" é o filme que retrata o escritor que inventou a história: A.A. Milne e o seu filho, Christopher, que o inspirou a criar estas personagens. O filme é  encantador, com uma fotografia lindíssima e que nos reporta à nossa infância.
Gosto muito deste género de filmes, são leves e ao mesmo tempo têm tanto significado: tocam-nos cá dentro. E depois já conhecendo mesmo que ao de leve as personagens, conseguimos criar um carinho ainda mais especial por elas.
Este filme é absolutamente encantador. 

"A person should do the things the person loves, with the people a person loves. Because you never know what happens next."

[Vila de Rei]

Vila de Rei fica no centro de Portugal e é conchecido pelo seu marco geodésico, que sinaliza o centro do país, ali mesmo a 600 metros de altitude, edificado em 1802. Ali, temos o Museu da Geodesia (ciência relativa às dimensões e forma da Terra e de outros corpos celestes). O local tem um miradouro a 360º e um parque de merendas. Depois, podemos visitar a zona, deixei-me fascinar pela praia fluvial do Penedo Furado a qual pretendo visitar quando o tempo o permitir... Apenas de lamentar  apaisagem de floresta queimada, a fauna e a flora que perdemos ali, absolutamente desolador. Nunca tinha vista quilómetros e quilómetros de área ardida, Não tinha a noção do quanto ardeu no ano passado. 








[We need spring]

Os dias sucedem-se uns atrás dos outros. Fundem-se. São todos iguais: Casa, trabalho, casa, comer, dormir, ir ao supermercado. Tudo igual e a felicidade, os dias solarengos, as gargalhadas, as aventuras, permanecem escondidas nestes dias frios e cinzentos. E a alma parece igual: cinzenta, triste, desiludida. Desiludida por tentar fazer mais e não conseguir. Os objectivos traçados continuam longe de alcançar e as rotinas sucedem-se nestes dias todos iguais. Chega de dias iguais, de horas desanimadoras, de gente que desilude, de um trabalho que já nada traz de novo, de rotinas que não gosto. Este frio, esta chuva, o carro que precisa de óleo e de ser aspirado para saírem as purpurinas dos disfarces de carnaval, de um dia de s.valentim disfarçado de alegria quando o cansaço vencia por ter acordado às 02:30 da manhã para ir trabalhar, de umas férias marcadas e que nunca mais chegam, da primavera que só vem no próximo mês. Estou numa fase de pura letargia e não vejo a hora de sair disto. Olho …

despedidas

Trabalho há oito meses no aeroporto e a verdade é que aquele glamour que eu associava sempre às 'meninas" de check-in desvaneceu-se. Primeiro porque, eu sou "menina" de check-in e depois porque de glamour não tem nada e hoje pergunto-me como é que eu era capaz de encontrar glamour na simples tarefa de despachar bagagem para o terminal de bagagens e colocar etiquetas em malas. Claro que o trabalho no check-in não se resume a apenas isso. Até porque temos uma preparação de dois meses intensivos para desempenhar tal tarefa. Por aqui já se vê a dor de cabeça que é estar num check-in. Depois continuo a achar entusiasmante as despedidas e os reencontros. Famílias que não se veem há anos, casais enamorados que se preparam para viverem sob de uma longa distância, avós que deixam os netos, pessoas que vão a funerais noutros países... Enfim, milhares de histórias reais que passam diante dos nossos olhos... e essa é a parte gira deste trabalho. Além disso, gosto particularmente…