Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2014

Flora e Fauna vintage

Conhecido como o guru dos têxteis, Mr. Finch, assim lhe chamam, é um artista que coze as suas próprias obras. Recria a flora e a fauna britânicas e dá-lhes uma aparência vintage ao reutilizar e reciclar os mais diversos materiais. Mr. Finch gosta de tudo o que diga respeito a flores, insectos e pássaros. Vejam algumas das suas peças:




A Vida de Adèle

[A Vida de Adèle]
Apaixonei-me em 3 horas de filme. Apaixonei-me por Adèle e por Emma. Apaixonei-me pela "Vida de Adèle", pela entrega, pela verdade do amor, pelo desespero, pela descoberta e pelo desencanto final. São 3 horas densas, há sexo e paixão e o azul, sempre o azul. E quando o azul do cabelo de Emma desaparece, vai-se também embora a paixão.
Vemos Adèle a descobrir a sexualidade, o amor - o seu grande amor, a amadurecer e a fazer escolhas.
"A Vida de Adèle" ganhou a Palma de Ouro há uns meses, foi baseado na BD de Julie Maroh e embora se foque numa relação lésbica, nada aqui há de homossexual. O que vi neste filme foi tudo tão verdadeiro e tão intenso. No final ficamos com esperança que Adèle encontre o seu caminho, que seja feliz, que lute arduamente por aquilo que quer. Queremos no fundo ser nós mesmos a percorrer esse caminho e a encontrar a nossa própria felicidade.

Balões artisticos

"My Daily Baloon" é um projecto do fotógrafo Rob Driscoll que faz esculturas com balões coloridos tal como os palhaços que vemos muitas vezes por aí. Mas Rob recria personagens de filmes ou objectos do nosso quotidiano. Vejam alguns dos seus trabalhos que executou ao longo de um ano inteirinho!


:)

Flores no Instagram

Deixo-vos um trabalho que me deixou com um sorriso de orelha a orelha tal foi a surpresa. Ker­stin Hiestermann publica no Instagram o seu trabalho inspirador. Vejam-no aqui.


Dos meus dias #3

Hoje venho falar de dois programas que vi recentemente na televisão: um deles na Sic Mulher: Masterchef Júnior e o outro no Travel Channel esse canal de que tanto gosto porque me traz sempre boas vibes: um programa cujo nome não tenho ideia nenhuma mas que um senhor entendido em hotéis faz transformações e o rumo muda e os sucesso instala-se. Trata-se de uma espécie de Gordon Ramsey versão hoteleira.
Ora, o programa de culinária é giro e até me faz impressão ver miúdos de tão tenra idade a cozinharem daquela maneira tão profissional. Já os vejo em casa e os pais a mandá-los esfregar tachos e panelas até ficarem a  brilhar e depois de um dia de aulas colam-se ao fogão para servir os seus ilustres papás. Verdade que me faz confusão mas admito que fizeram ali uns belos pratos. A vencedora desta temporada foi a pequena Greta com o seu tótó lateral.
Quanto ao programa dos hotéis juro que me meteu nojo ver lençóis manchados, carpetes cheias de nódoas, casas-de-banho imundas mas depois das t…

Birds

Dos meus livros...

"O toque da sua mão permaneceu sempre vivo na minha memória. Era uma sensação diferente de tudo o que eu até então experimentara, e mesmo depois disso. Tratava-se, pura e simplesmente, da mão pequena de uma rapariguinha de doze anos. E, contudo, aqueles cinco dedos e a palma daquela mão continham, tal como uma caixinha de amostras, tudo o que eu queria saber acerca da vida e tudo o que havia a saber. E ela, ao pegar na minha mão, teve o condão de me ensinar todos os segredos. Ajudou-me a compreender que no mundo real existia um lugar como aquele. Durante dez segundos, tive a sensação de me ter transformado num passarinho perfeito, capaz de voar no céu, ao sabor dos ventos. Lá do alto, alcançava as paisagens longínquas, tão distantes que não era capaz de distinguir com nitidez as coisas que havia para ver, apesar de saber que existiam. Ao mesmo tempo, sabia que um dia viajaria até essas paragens. Uma tal certeza, deixou-me sem fôlego e provocou um tremor no meu peito."

In A Su…

Dos meus dias... #1

Bom que é trabalhar onde trabalho e poder escolher e comprar livros à vontade... O difícil é decidir por qual começar.

Ioga posto a nu

É a primeira vez que posto aqui no blog imagens de nus mas trata-se de um bom motivo: andava a passear pela internet quando me deparei com as imagens que se seguem. Fotografias de uma mulher nua em posições de ioga. Fiquei surpreendida e partilhei a página do fotógrafo com algumas pessoas próximas pois achei-as de uma beleza extraordinária. Ora então, o trabalho é do fotógrafo norueguês Peter Hegre e a senhora retratada é a sua esposa, professora de ioga. Peter é um fotógrafo erótico e se o pesquisarem na internet poderão ficar ligeiramente chocados devido à exposição do corpo da mulher e até fotos de actos sexuais mas este seu trabalho do ioga tem muitas qualidades artísticas.

Podem ver as restantes fotografias aqui.






47 Ronin

Fui ver um filme tipicamente de homens: samurais, lutas, espadas, feitiçarias e dragões. 47 Ronin dá-nos a conhecer um grupo de samurais cujo mestre foi morto e procuram a vingança para restaurar a honra do seu povo. Desprovidos, agora, de um mestre, tornam-se ronins e Kai (Keanu Reeves) é um mestiço, inicialmente marginalizado, a quem procuram ajuda e vai-se tornando numa peça fundamental para restabelecer a ordem. No meio de bruxarias e lutas entre samurais, Kai torna-se num herói para aquele grupo. Quanto a mim, o filme tem duas cenas surpreendentes lá pelo meio, a primeira quando vão buscar as espadas e a outra no único momento cómico da longa metragem, quando Kai corta um tronco de uma árvore agilmente e um dos seus companheiros não o consegue fazer. Este filme é inspirado numa lenda japonesa em que 47 homens procuram vingar a morte do seu mestre, que foi injustamente acusado. Ainda hoje, os japoneses prestam homenagem a estes 47 homens anualmente. Todos os costumes, as tradições e…

Diário de Bordo

Tenho um Diário de Bordo que me acompanha em todas as minhas viagens, trata-se de um pequeno bloco de apontamentos onde vou apontando as minhas impressões, os meus passeios, os locais por onde passo e, acima de tudo, onde escrevo os pontos positivos e negativos dos sítios. Esta é a parte mais divertida. Revi o meu bloco, que em breve darei novamente uso, e reli que em Madrid achei os sinais dos peões demasiado barulhentos, parecem pássaros a cantar, ou que em Roma só se come pizzas e que o trânsito é para lá de maluco pois temos que nos atirar literalmente para a passadeira senão os veículos e os milhares de vespas não nos deixam passar. Em Barcelona escrevi que ninguém falava português e que o metro fechava à meia-noite quando nós andávamos pela rua bem depois dessa hora. Lembro-me de andar nas ruas às 04:00 completamente perdida e exausta da caminhada.
Despois tenho tudo o que é maravilhoso nas viagens: a experiência, a diversão, o conhecer mais e as memórias.
Guardo também alguns b…

Cerâmica insuflável?

Parecem bonecos insufláveis mas na verdade trata-se de cerâmica. Inacreditável? Nem por isso, Brett Kern, artista plástico, consegue manipular o seu material de trabalho e transformá-lo totalmente para dar uma aparência completamente diferente.
Ficam as imagens:





Há livros que nos ficam no coração #5

Quando era miúda lembro-me de ficar a olhar as ilustrações dos livros da Anita longos momentos e a imaginar ser como ela. Tinha a colecção quase toda mas o meu livro preferido era a "Anita mamã", era o eu lia mais regularmente porque queria ter um irmão e queria tomar conta dele. Hoje sei que a Anita era um criança crescida, que tomava sempre boas decisões, era inteligente, muito independente e ponderada. Nos anos 80, todas as meninas tinham livros desta coleção, hoje em dia, as ilustrações são outras e até existe uma série de desenhos 3D.

Contos fadas 360º

Os amantes de Contos de Fadas vão adorar estes livros do japonês Yusuke Oono, que dão vida aos personagens de Branca de NeveO Livro da Selva, entre outros. Tratam-se dos livros infantis mais originais de sempre pois são constituídos por recortes feitos digitalmente.








Frozen

Inspirado no conto A Rainha da Neve de Hans Christian Andersen, Frozen é um verdadeiro hit deste ano. Trata-se de um típico filme da Disney, repleto de cantorias mas com uma história tão bonita onde o amor impera. Elsa, a futura rainha de Arendelle, nasceu com um poder mágico que a permite criar gelo e neve. Contudo, um acidente com a sua irmã mais nova, Ana, trouxe-lhe um enorme desgosto e algum receio do futuro e exilou-se do mundo. Aos 18 anos, na sua festa de coroação, Anna descontrola-se e o seu povo descobre o seu poder mágico e toma-a por bruxa. Foge para o alto de uma montanha e Anna e Kristoff, um jovem que vende gelo, partem à sua procura. As aventuras começam aí. Frozen é o filme ideal para ver numa noite de Inverno! Um filme que une, trolls, uma rena que parece um cachorro, um boneco de neve do mais fofinho que existe e muito frio.

O amor é...

Bom que é em pleno Inverno, abrirmos o tejadilho do carro e ficarmos a olhar o céu e as estrelas... perdermos a noção do tempo, apenas conversamos com as mãos entrelaçadas, e sonhos. Muitos sonhos partilhados.

"Coração-te"

Há dias que correm bem e outros que correm mais ou menos. Há dias horríveis e outros solarengos. Há dias que rio facilmente, outros que rio para não chorar e se a minha cabeça fosse boa haveria dias em que não verteria uma única lágrima. Dias há em que chego ao pé de ti ansiosa e com uma alegria contagiante e nos dias em que ando cansada a tampa salta demasiado facilmente. E grito, e faço birra, e peço conchinha e massagem nos pés. E tu fazes. Só tu. E eu. Naquele nosso momento. Dias e noites em que ficamos a conversar olhando o tecto ou as estrelas e a lua. Há dias em que te quero ao meu lado todos os segundos e dias em que prefiro ficar sozinha. Sou assim e tu sabes. Sou 8 e 80. Sou o alto e o baixo. Sou o tudo e o nada. E tu ali comigo. Dia após dia. Com o teu sorriso. O teu ombro. As tuas mãos. Tu por inteiro. E eu ali a mostrar-te a minha metade. A metade boa, só aquela que quero mostrar. Com medo de chegar o dia em que tudo desapareça e eu fique ali parada, sem reacção. Por isso…

Visto na tv...

Inacreditável é a forma como nos apresentam formas de morrer no programa "1000 Maneiras de Morrer" no canal Odisseia. Sempre que vejo um episódio acho pouco provável que as situações tenham realmente ocorrido tal é a estupidez envolta. Diz a descrição do programa que é baseado em factos reais. É que só pode! Em cada demonstração convidam sempre alguns especialistas: médicos, cientistas ou mestres em determinadas áreas. 
A ironia está presente do início ao fim do programa mas trata-se de algo que nos dá a conhecer diversos factos. 
A não perder!

A Chance to Dance

Foi no canal Biography que apanhei o programa "O Meu Sonho é Dançar" onde bailarinos do Royal Ballet britânico e em especial Michael Nunn e William Trevitt, fundadores dos BalletBoys, recrutam 12 bailarinos para integrarem uma nova companhia de dança com o intuito de montarem um espectáculo em Nova Iorque. Já vi dois episódios deste programa e tenho a dizer que entre as audições que decorreram nos Estados Unidos, muitos eram os jovens talentosos mas por não terem formação suficiente foram sendo deixados para trás. 
Os mentores do projecto têm apenas 28 dias para seleccionar bailarinos e criar um verdadeiro espectáculo de dança. Trata-se de um programa onde mostram as ansiedades, as dificuldades e as alegrias de um grupo de bailarinos ainda muito jovens que querem vingar no mundo do espectáculo. Enquanto via o programa, escolhia mentalmente os dançarinos de que gostava mais e os que tinham demasiada arrogância para permanecer no programa. 
Um programa divertido e que nos faz qu…

Paisagens em espelhos

O fotógrafo americano Cody William Smith utiliza espelhos para refletirem e comporem a paisagem fotografada. Os cenários são diversos: praia, deserto, montanha, tudo é suscetível de integrar o projecto "A Moment's Reflection" do talentoso fotógrafo.
Os espelhos unem a paisagem e oferecem-nos um cenário bastante contemplativo onde nos podemos perder com os sentimentos que nos afloram na alma e descortinar o que está por trás do espelho.
Deixo a s imagens e o site onde se pode ver o trabalho de Cody Smith.